Rádio Web do gaguinho

WWW.RADIALISTAGAGUINHO.COM.BR

terça-feira, 28 de março de 2017

CACHOEIRA-BAHIA: EDUCAÇÃO




Convênio entre Prefeitura e Escola Paroquial será celebrado
O prefeito Tato juntamente com o secretário de Educação, Gevaldo Simões, participou na tarde desta segunda-feira (27) de uma assembleia geral organizada pela Escola Paroquial Dom Antônio Monteiro (EPDAM). A reunião teve o objetivo de discutir com pais, mães, alunos e funcionários o destino da escola caso o convênio entre a instituição e a Prefeitura de Cachoeira não fosse celebrado.
Reconhecendo a importância que a Paroquial tem para todos que foram e são beneficiados com seus serviços, o prefeito garantiu aos responsáveis pela obra de assistência que administra a escola que a instituição será dotada de todos os recursos possíveis para oferecer a melhor educação aos alunos e alunas de Cachoeira. “Amanhã mesmo estaremos firmando um convênio de cooperação técnica, no qual todos os recursos humanos e materiais que a Escola Paroquial precisar colocaremos à disposição”, afirmou.
Aos pais, mães e estudantes da Paroquial, o prefeito Tato assegurou que nenhuma escola será fechada, mas que a rede municipal de ensino será equipada com a estrutura e os profissionais mais qualificados para melhor atender às crianças. “Nós não fechamos escolas! Pelo contrário, na próxima semana daremos início à reforma do Colégio Edvaldo Brandão que será um dos maiores centros de ensino da cidade. Jamais deixaremos de olhar com carinho, atenção e amor para todas as crianças de Cachoeira. É nossa responsabilidade fazer uma educação cada dia melhor”, reforçou.
O secretário de Educação de Cachoeira, Gevaldo Simões, também fez uso da palavra e na oportunidade reafirmou o compromisso da gestão em oferecer uma educação qualificada. Gevaldo reconheceu as dificuldades enfrentadas neste início de governo e apresentou os desafios encontrados nas escolas do município, ressaltando que todos os esforços estão sendo empregados no sentido de garantir uma melhor educação para todos.
“Não há nenhuma má vontade em celebrar este convênio de cooperação técnica. Vamos celebrar sim! Estamos dando condições de funcionamento tanto à Paroquial como às outras 44 escolas que compõem a nossa rede. Estamos olhando para o todo e nos esforçando para dar um salto de qualidade em nossa educação. As dificuldades são grandes, mas temos atendido a todas as demandas que têm chegado”, declarou o secretário.
Também participaram da assembleia os vereadores Abimael Araújo, Cosme Santos, Jocelmo Dayube e Leonardo Boaventura.
ASCOM