Rádio Web do gaguinho

WWW.RADIALISTAGAGUINHO.COM.BR

quarta-feira, 30 de junho de 2010

José Serra lidera ranking de seguidores no Twitter


No Twitter o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, está na frente de Dilma Rousseff (PT). O candidato tucano está no topo do ranking dos microblogs dos presidenciáveis, com 236 mil seguidores, quase três vezes mais do que a candidata petista, a segunda colocada, com 96 mil. Marina Silva vem logo em seguida, com seu microblog sendo seguido por 78 mil internautas.
HOJE A MAIORIA DO POVO ESTÁ ANTENADO NA NET. É A NOVA GERAÇÃO

ÍNDIO DA COSTA É O VICE DE JOSÉ SERRA


Após meses de especulação e ameaças de implosão da aliança entre DEM e PSDB, enfim foi anunciado o escolhido para ser o candidato a vice de José Serra na chapa que concorrerá á Presidência da República. O indicado foi o deputado federal carioca Índio da Costa (DEM), eleito pelos dois partidos porque na opinião dos caciques tucanos e democratas, teria “bom trânsito pelo Congresso” e, além disso, ter sido o sistematizador do projeto Ficha Limpa. O anúncio oficial foi feito pelo presidente nacional do DEM, Rodrigo Maia, que relatou uma longa reunião entre a cúpula das legendas durante a noite de terça-feira (29).

terça-feira, 29 de junho de 2010

FOI FÁCIL ESCOLHER: ALELUIA COMPLETA CHAPA DE PAULO SOUTO


O candidato ao governo da Bahia pelo DEM, Paulo Souto, acabou de informar que o seu partido já possui um candidato ao Senado, que irá compor a chapa ao lado do ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo. Trata-se do deputado José Carlos Aleluia, um dos mais importantes parlamentares da bancada da Bahia na Câmara Federal, além de ser vice-presidente nacional da legenda democrata. Aleluia é considerado um nome de peso no Congresso e um dos mais instigantes oposicionistas do governo Lula. A notícia foi transferida ao BN, com muita euforia pelo ex-governador Paulo Souto.
A OPOSIÇÃO ESTAVA QUERENDO DESGASTAR A CAMPANHA DO (DEM) DISSE UM MELEITOR TEMOS VÁRIOS NOME, TEMOS CALMAS .ELES QUERIA CÉSAR NÃO DEU CERTO.

TRE MULTA O GOVERNADOR JAQUES WAGNER, PP E DOIS DEPUTADOS


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) acatou a ação movida pelo PMDB baiano e multou o governador Jaques Wagner no valor de R$ 10 mil por propaganda antecipada. A medida foi provocada após declarações dos deputados João Leão e Luiz Argolo (ambos do PP) que usaram o programa partidário da legenda, para auto-promover as imagens de ambos, inclusive do gestor do Estado. Os dois parlamentares pepistas, assim como o partido também foram multados com o mesmo valor de JW. O juiz relator Ruy Eduardo Almeida Britto entendeu que o chefe do Executivo estadual não apresentou argumento pertinente na defesa, em que o político disse desconhecer previamente o teor das mensagens vinculadas no programa do PP.

2 DE JULHO AMEAÇADO POR JOGO DO BRASIL


Candidatos terão que se desdobrar entre caminhada e partida da Seleção

Os principais candidatos ao governo do Estado ainda não definiram a estratégia para conciliar a partida da Seleção Brasileira, que enfrenta a Holanda pelas quartas de final da Copa do Mundo na próxima sexta-feira, e os festejos do 2 de Julho. O jogo de futebol acontece às 11h na África do Sul, mesmo horário em que, tradicionalmente, a celebração cívica estaria em curso, já que se inicia às 9h. A Prefeitura de Salvador, que organiza o evento, divulgará a programação oficial nesta terça-feira (29). Já a assessoria do governador Jaques Wagner defende uma adaptação do horário. Para os demais postulantes segue a dúvida. O deputado federal Geddel Vieira Lima afirmou ao Bahia Notícias que ainda não sabe qual será a definição do PMDB, que deve bater o martelo sobre o assunto nesta terça (29). Já Paulo Souto, apesar de acreditar que não haverá manifestação popular como outrora, aguarda a definição das administrações estadual e municipal para se posicionar. O fato é que o esvaziamento da cerimônia pode prejudicar, e muito, o corpo-a-corpo dos pretendentes do Palácio de Ondina, uma vez que, ao lado da festa do Bonfim, é a grande vitrine política da Bahia.

SÃO PEDRO E SEU DIA FESTIVO

São Pedro
Dia festivo: 29 de junho.
Atributos: fundador da Igreja, protetor dos pescadores e das viúvas.

Antes chamado Simão, o pescador teve o nome mudado por Jesus Cristo ao receber a incumbência de fundar a Igreja e reunir os fiéis depois de sua morte. “Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificareis minha igreja” foi o recado. Por isso, o apóstolo foi chamado de “pescador de homens” e tornou-se o primeiro papa. Morreu em 29 de junho.

Segundo a crença popular, são Pedro guarda as chaves do céu, lava-o quando chove e arrasta os móveis quando troveja. Dizem que o santo, por ser viúvo, socorre as viúvas nos momentos de aflição. “Por ser patrono dos pescadores, é homenageado com procissões de barcos que carregam sua imagem”, lembra Lourdes Macena, especialista em cultura popular.

Oração a são Pedro
para obter uma graça
“Oh, são Pedro, pedra viva da igreja fundada por Jesus Cristo, vós que fostes chamado pelo Senhor para ser pescador de homens e mulheres. Vós que dissestes: ‘Senhor, a quem iremos? Pois só Tu tens palavras de vida eterna’, vinde em meu auxílio com vossa intercessão junto a Deus, dando-me coragem para seguir vosso exemplo de amor fiel a Cristo e anunciar a boa nova na família, na comunidade, no trabalho e em toda parte. Oh, São Pedro, vós que fizestes a mais bela declaração de amor: ‘Senhor, Tu sabes que eu Te amo’, ensinai-me, hoje, o caminho da justiça para que eu tenha saúde e paz e alcance a graça que Vos peço. (Faça agora seu pedido.) Amém.”

Simpatia de são Pedro
para conhecer seu par amoroso
No dia de são Pedro, guarde um pouco de cada alimento do almoço e do jantar. Antes de dormir, faça um prato com a comida e deixe-o sobre a mesa, com os talheres, em uma toalha branca. À noite, aquele que será sua cara-metade aparecerá em seus sonhos.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

DILMA BOA DE COLETIVA E DISCURSO SONOLENTO


Novamente, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, não mostrou ter muita afinidade com o palanque. Com excelente desempenho na coletiva de imprensa, em que respondeu a todos os questionamentos e se esquivou com sabedoria das perguntas mais embaraçosas, o seu desempenho diante dos militantes novamente não empolgou. Até parte dos repórteres dispersou durante a sua fala. Ela arrancou aplausos em poucos momentos, como quando citou o número emblemático na geração de empregos: 13-013-13-1 (13.013.131), ou falou que os governos anteriores “condenaram o país a ficar de joelhos para o FMI, sem emprego e sem desenvolvimento social”. No mais, a retórica da petista demonstra a sua bagagem cultural e o domínio sobre questões técnicas, mas como soa uníssono, sem muitas variações enfáticas,não retém a atenção do público.

(Evilásio Júni

Estátua de Michael Jackson é inaugurada no Morro Santa Marta


O Morro Santa Marta, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, recebeu neste sábado (26) a estátua em bronze do cantor Michael Jackson. A imagem desenhada pelo cartunista Ique foi fixada na laje, onde o astro do pop gravou parte do clipe “They don’t care about us”, em 1996. Na véspera, sexta-feira (25), fez um ano que o Rei do pop morreu.

A famosa laje também ganhou um mosaico do cantor feito pelo artista plástico Romero Britto.

A produtora musical Claudia Hernandes, de 27 anos, veio de São Paulo para conferir a estátua e ficou emocionada ao ver a imagem do ídolo imortalizado. Ela se impressionou com o preciosismo da estátua, que reproduz Michael com a camisa do Olodum rasgada, assim como no clipe gravado na comunidade.

Chorei muito quando vi a estátua. Está tudo perfeito, eles respeitaram o corpo do Michael e o fizeram magrinho e com a mesma roupa que ele usou aqui no Santa Marta. Acho que só os pés ficaram menores”, disse a fã, que estava em Londres para assistir à volta aos palcos de MJ, quando ele morreu.

A professora Mariana Rodrigues, também é fã de Michael Jackson. Há 20 anos, ela coleciona fotos e reportagens sobre o ídolo. Acompanhada por outros amigos admiradores do Rei do Pop, ela dançou os hits “Beat it”, “Thriller” e “Billie Jean”.

“A estátua ficou maravilhosa. Essa homenagem é mais do que merecida. Ele será sempre eterno. Tirei fotos com a estátua imaginando que fosse ele”, contou a professora.

Os moradores da favela, a primeira a receber uma UPP no Rio, acreditam que a estátua vai ajudar a deixar a comunidade ainda mais conhecida no exterior. Outros famosos como Madonna e Alicia Keys também já visitaram o local.

A empregada doméstica aposentada Teresa da Conceição, de 49 anos, nascida e criada na local, aposta que muitos turistas vão querer conhecer a estátua no Santa Marta.

“Tenho certeza que isso vai ser um motivo a mais para os gringos conhecerem a favela”, falou a moradora.

domingo, 27 de junho de 2010

GOVERNADOR MANGABEIRA-BA: EX: PREFEITO PEDE REGISTRO AO PARTIDO E VAI SAIR A DEPUTADO FEDERAL



Nosa reportagem recebeu um email do ex: prefeito Antonio Pimentel
Deputado Federal‏
De: Antonio Pimentel Pereira Pimentel (antoniopimentel22@gmail.com)
Enviada: sexta-feira, 25 de junho de 2010 16:27:36

Prezados Amigos e Amigas,

Aproximam-se as eleições de 2010, para escolher o Presidente da República, 02 senadores, o Governador, 39 deputados federais e 63 estaduais, é um direito de cada um de nós, com muita luta histórica escolher nossos representantes e para isso é preciso participar, analisar proposta e avaliar cada candidato no sentido de obter no quadriênio 2010-2014, uma boa eficiência administrativa e parlamentar de cada um dos candidatos escolhidos, pois esta boa escolha se refletirá em bons serviços para a população e boas propostas no Congresso Nacional e seu voto é a única arma disponível para influenciar positivamente nesta escolha dos próximos governantes do estado da Bahia e do Brasil.

Conforme minha biografia no anexo, consegui ao longo de 46 anos, alcançar os objetivos principais da vida que cada de nós almeja inicialmente, estudar, ter uma família, obter renda suficiente para ter uma vida digna e honrada, participar de uma religião capaz de encontrar a paz e sustentar-se com a fé de se manter firme nas minhas convicções de cidadão comum, simples e disposto a contribuir sempre com a cidadania, através da participação popular em causas comunitárias, a exemplo da gestão pública transparente e ética nos 08 anos, que o povo de Governador Mangabeira – BA, me oportunizou nos dois mandatos de 04 anos, que fui premiado com tamanha confiança, retribuída com 08 contas aprovadas no TCM – Tribunal de Contas dos Municípios, passando por fiscalização da CGU – Controladoria Geral da União em 2006, sem nenhum erro insanável, creditando-me a seguir em frente na vida como consultor de governos, em especial as lutas dos municípios em busca de uma melhor relação do Governo Federal e Estadual, como também na formulação de soluções administrativas, mediante auditorias em governos municipais, pela Bahia afora.

É com essa carga de experiência e de responsabilidades que na convenção do PR – Partido da República, acontecida em 21 de junho de 2010, requeri do partido, meu registro de candidatura à Deputado Federal, cargo que acredito ser o mais adequado para continuar a minha caminhada política, iniciada em 1992, como candidato à Vereador em Governador Mangabeira - BA, perdendo apenas por um voto, seguindo em 1996, como candidato à Prefeito, ficando em segundo dos três postulantes, vencendo em 2000 e 2004, sempre disputando e participando ativamente das eleições desde 1978, quando ajudava na charanga naquelas eleições, com apenas 15 anos, animando os comícios e aprendendo num tempo difícil como podemos mudar a realidade em que vivemos, foi muito bom, vivi o fim da ditadura militar, sucessivos planos econômicos, a revolução tecnológica, toda uma transformação que o país passou, para hoje colher os frutos destas lutas e conquistas, acredito muito que posso influenciar positivamente na Câmara Federal para ampliar ainda mais estas reformas e seguir em frente por um país mais justo, sem as desigualdades regionais que hoje vemos, onde baianos e demais nordestinos, tem que ainda migrar para o Rio de Janeiro e São Paulo em busca de emprego e renda.

A pauta de lutas é muito vasta, finanças públicas, educação, saúde, desenvolvimento urbano, rural e social, meio ambiente, direito do consumidor e justiça, em breve no período de campanha, que se iniciará em 05 de julho de 2010, poderei expressar mais claramente a agenda parlamentar que pretendo desenvolver como representante do povo da Bahia na Câmara Federal, mas temos que objetivar aprovar as grandes reformas que o país clama, Reforma Tributária, que deverá diminuir a pesada carga tributária de 38% do PIB – Produto Interno Bruto Brasileiro imposta à anos à população, sem a devida devolução em bons serviços públicos, a Reforma Trabalhista, que desestimula os empresários, com mais de 30% de encargos trabalhistas sobre a folha de pagamentos, tratando de forma igual, empresas desiguais, ou seja, empresas que necessitam de muita mão-de-obra, pagam os mesmos valores daquelas, que empregam pouca, a Reforma Política, que permitirá que o poder econômico do dinheiro não seja o grande diferencial das campanhas políticas do Brasil, entre outras ações que necessitamos desenvolver via modificação da legislação, seja através de leis ou emendas constitucionais, visando modernizar cada vez mais o país e incluir todos os seus habitantes, dos 27 Estados e Distrito Federal, dos 5564 municípios brasileiros nas melhorias de qualidade de vida, que as ações de governo nestes anos tanto tem nos proporcionado.

Sei que hoje não é fácil superar a votação dos 39 deputados federais com mandato da Bahia, mais ainda, com R$ 10 milhões anuais que cada um dispõe anualmente para emendas parlamentares, podendo privilegiar suas bases eleitorais, no entanto, fui eleito Prefeito em Governador Mangabeira – BA por duas vezes, sem sequer ter feito uma carreata, com campanhas simples e populares, não tenho dúvida que poderei ser competitivo o suficiente para alcançar uma das vagas em disputa, baseado na experiência que passei e na convicção, que o eleitor está cada vez mais aberto ao diálogo e a discussão dos problemas de sua comunidade, de todo estado e da nação, é com essa confiança, que vou iniciar mais este desafio, usando o espaço da rede mundial de computadores, pois nunca fui muito afeito a pinturas de muro, propagandas de papel, carros de som e sim a debates, discussões em pequenas reuniões e com a certeza que mais uma vez serei uma um defensor da boa governança e das boas causas daqueles que acreditam em dias melhores para nossa população e o Congresso Nacional, é o local que devemos concentrar todas as nossas forças para alcançar os objetivos principais de uma Bahia e um Brasil progressista, moderno, organizado e capaz de ser o lugar onde possamos viver, com condições de se educar, criar nossos filhos e ter a nossas demandas de emprego, renda, entre outras, atendidas com dignidade e justiça.

Um grande abraço.

Antonio Pimentel – Pré-candidato à Deputado Federal – PR/BA

BLOG DO RADIALISTAGAGUINHO.COM: HOJE FAZ 02 ANOS


NESTE DOMINGO O NOVO BLOG DO RADIALISTAGAGUINHO FAZ ANIVERSÁRIO 02 ANOS, ANTES EXISTIA OUTRO BLOG QUE FOI ROUBADA A SENHA É ESTÁ NA POLICIA SOBRE INVESTIGAÇÕES. DESDE JÁ AGRADECEMOS A TODOS OS LEITORES E CRÍTICOS PELO APOIO, NOSSO BLOG É AUTÊNTICO, O PRIMEIRO DA REGIÃO COM ACESSOS REAIS . VALEU POVÃO

sábado, 26 de junho de 2010

CUIDADOS COM PESQUISAS ENCOMENDADAS

Quem decide eleições não é pesquisas e sim o povo que não é mais otário, pesquisas encomendadas principalmente por empresas e industrias que são ligadas aos políticos de uma facção, vamos ver apresentações de debates conhecer afundo os candidatos, sobre pesquisas lembro-me de eleições passadas o vexame de uma pesquisa. O povo quer ver as biografias dos candidatos a presidentes, Senadores, Deputados Federais e Estaduais e Governadores.

Festa da Boa Morte é oficializada como Patrimônio Imaterial da Bahia


A Festa da Boa Morte foi oficializada como Patrimônio Imaterial da Bahia na tarde desta sexta-feira, 25. O decreto foi assinado pelo governador da Bahia, Jacques Wagner (PT), durante uma sessão especial na Câmara de Vereadores da cidade de Cachoeira. A cerimônia fez parte das comemorações pela transferência do Governo do Estado para a cidade de Cachoeira, que acontece há três anos, sendo esta a primeira vez em ano eleitoral.

A festa da Boa Morte, que acontece desde 1820 no mês de agosto, mistura elementos do catolicismo e do candomblé e é considerada uma das mais importantes manifestações culturais da Bahia. A história da festa nasceu quando mulheres negras e ex-escravas se uniam para ajudar escravos a conseguir a liberdade, se reunindo em torno da fé em Nossa Senhora e criando uma confraria católica chamada Irmandade da Boa Morte.

A Festa foi incluída no Livro de Registro Especial de Eventos e Celebrações. O reconhecimento é uma salvaguarda à manifestação cultural afrocatólica, que passa a ter a proteção e o incentivo do Estado e da sociedade civil organizada.

Divulgação - Entre os benefícios diretos do tombamento da festa está a prioridade para a concessão de financiamentos públicos e privados. Segundo o diretor-geral do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Estado da Bahia (Ipac), Frederico Mendonça, o registro prevê a realização de ações de salvaguarda, como a publicação de um livro e um vídeo documentário sobre a festa, a elaboração do projeto de um memorial da Boa Morte e estudos para a criação de atividades que gerem renda para as mulheres envolvidas na tradição.

Antes do registro, o Ipac realizou estudos técnicos e elaborou um dossiê. O trabalho, que durou cerca de um ano, resultou no documento que foi aprovado pelo Conselho Estadual de Cultura (CEC).

Patrimônio Imaterial - A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) define como Patrimônio Cultural Imaterial "as práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas - junto com os instrumentos, objetos, artefatos e lugares culturais que lhes são associados - que as comunidades, os grupos e, em alguns casos, os indivíduos reconhecem como parte integrante de seu patrimônio cultural"

Segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o Patrimônio Imaterial é transmitido de geração em geração e constantemente recriado pelas comunidades e grupos em função de seu ambiente, de sua integração com a natureza e de sua história, gerando um sentimento de identidade e continuidade, contribuindo assim para promover o respeito à diversidade cultural e à criatividade humana.

Bahia - Além da Festa da Irmandadade da Boa Morte, são considerados patrimônios imateriais da Bahia o ofício da baiana de acarajé, a roda de capoeira, o ofício dos mestres de capoeira, o samba de roda do Recôncavo, o carnaval de Maragogipe e a festa de Santa Bárbara. Atualmente, está em processo de reconhecimento o desfile dos afoxés no Carnaval de Salvador.

*Com informações da Agecom-BA.

Jovem é assassinado no dia do aniversário



Por volta das 20h30 desta quarta-feira (23), véspera de São João, o jovem Jhonata João Oliveira da Silva (foto), 19 anos, conhecido por Paulista, foi assassinado quando comemorava seu aniversário na casa da sua avó, situada a Rua Carlos Gomes, 414, em Conceição de Coité. Segundo sua mãe, ele estava com um grupo de amigos em frente a casa e falava ao telefone com a namorada, quando dois homens numa moto o abordaram. Paulista, ao perceber os motoqueiros armados, saiu correndo e entrou em uma residência da mesma rua. Foi quando recebeu vários tiros, morrendo no local.
A mãe a vítima se encontra muito abalada e questionada pela reportagem do Calila Notícias,disse: "mataram o meu filho". A dona da casa que não teve o nome revelado disse que foi tudo muito rápido e não sabe como aconteceu.
Jhonata estava completando 19 anos, morava na rua Maria Quitéria com sua mãe e irmãos e possuía antecedentes criminais. Era conhecido por Paulista, por ter morado algum tempo em São Paulo, onde também tinha passagem pela polícia. Estava em Coité há cerca de dois anos.O corpo foi encaminhado ao DPT de Feira de Santana.
Outro crime
Há poucos dias, um crime foi cometido numa fabrica de bolsa naquele município e o objeto utilizado foi um zinco que teria atingido o pescoço da vítima, após uma discussão. Peritos do DPT informaram que a vitima morava em Feira de Santana, mas a identificação oficial ainda não foi passada à imprensa.
Redação do Central de Polícia, com informações do Calila Notícias

sexta-feira, 25 de junho de 2010

BLOG DO GAGUINHO NESTE DIA 27 JUNHO DSE 2010, FAZ 02 ANOS


NESTE DOMINGO O NOVO BLOG DO RADIALISTAGAGUINHO FAZ ANIVERSÁRIO 02 ANOS, ANTES EXISTIA OUTRO BLOG QUE FOI ROUBADA A SENHA É ESTÁ NA POLICIA SOBRE INVESTIGAÇÕES. DESDE JÁ AGRADECEMOS A TODOS OS LEITORES E CRÍTICOS PELO APOIO, NOSSO BLOG É AUTÊNTICO, O PRIMEIRO DA REGIÃO COM ACESSOS REAIS. VALEU POVÃO

LULA NÃO VIRÁ À CONVENÇÃO DO PT NA BAHIA


O presidente Lula não participará da convenção do PT na Bahia,q eu acontece no próximo domingo (27) em Salvador para indicar Jaques Wagner como candidato da coligação para o Governo do Estado nas eleições este ano. A informação foi confirmada pelo presidente regional do partido, Jonas Paulo, que disse que o mandatário nacional sequer foi convidado para comparecer à cerimônia na capital baiana. “Nunca, em 30 anos de PT, nos preocupamos com convenções. É só uma formalidade para indicar nomes”, disse. A declarações erve para, ao menos nesta altura dos acontecimentos, arrefecer possibilidades sobre ausência obrigatória de Lula nos palanques em que PT e PMDB são “inimigos” nas eleições estaduais. A ex-ministra e candidata à presidência, Dilma Rousseff, por outro lado, está confirmada no evento. Após os referendos, a coisa deve mudar de figura e as negociações recomeçam do zero. As informações são do site Último Segundo.

GOVERNADOR MANGABEIRA-BA: ARRAIÁ DO ZÉ FOI BOM D +



Ontem no sitio de Zé Santana na localidade de Queimadas teve o forró e a participação dos amigos e eleitores de Claúdio Santana, presente também o deputado federal Acm Neto, que usou da palavras e dancou com D. Maria Luiza, falou dos 25 anos de forró de Zé Santana, esteve por lá também Jorge Omega, Franca da APAE, Albano, Batista (ex: prefeito de Cabaceiras ), Marcelo, Alderico, várias lideranças e o povão humildes

PM TEM 4 PSICÓLOGOS PARA 33 MIL SOLDADOS

A Polícia Militar da Bahia conta com apenas quatro psicólogos e dois assistentes sociais para atender a toda a tropa de 33 mil soldados. A PM fluminense, que tem um efetivo próximo ao baiano, tem ao seu dispor cerca de 60 profissionais. Diante da pressão da atividade, casos de suicídio, transtorno psiquiátrico, dependência a álcool e outras drogas são comuns, mas não recebem a assistência da corporação. No interior do estado, não há atendimento psicossocial porque todos os profissionais da PM que prestariam a assistência são lotados no Serviço de Valorização Profissional (Sevap), em Salvador. Para internamento de policiais que sofrem de problemas mentais há apenas uma unidade disponível: a Clínica Professor Nelson Pires. Nos casos de PMs que sofrem de dependência química, o atendimento também é precário, somente com tratamento ambulatorial - não há clínicas de desintoxicação para internamento de alcoólatras e drogados.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

CRUZ DAS ALMAS-BA;SÃO JOÃO ARRAIÁ DA CULTURA POPULAR


ALMIR CONCEIÇÃO NA SALA DE IMPRENSA DO SÃO JOÃO


VIRGÍLIO

O cachoeirano Virgílio é responsável por iniciar a festa no Parque Sumaúma na segunda noite do São João de Cruz das Almas. O artista lembra grandes sucessos da carreira e músicas tradicionais de Luiz Gonzaga.


Após o show de Virgílio, quem sobe ao palco é a paraibana Elba Ramalho. A noite ainda reserva Seu Maxixe e Laços do Forró.

TCU ENVIA LISTA PARA TORNAR ATÉ 5 MIL INELEGÍVEIS

O Tribunal de Contas da União (TCU) enviou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma lista com o nome de 4.922 agentes públicos – governadores, prefeitos, secretários estaduais e municipais e diretores de autarquias – que tiveram as contas julgadas irregulares pelo órgão nos últimos oito anos. A Bahia ocupa o segundo lugar em número de condenações (700), atrás somente do Maranhão, com 728. O levantamento servirá como subsídio para a Justiça Eleitoral verificar se uma pessoa poderá ou não ser candidata nas eleições de outubro. A análise dos pedidos será feita caso a caso. O prazo para o registro de candidaturas termina no dia 5 de julho de 2010. A partir de agora, o político com irregularidade nas contas precisa de uma decisão da Justiça que suspenda ou anule o entendimento do TCU para ter o registro de candidatura e concorrer nas eleições deste e de anos posteriores. Informações do A Tarde.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

GOVERNADOR MANGABEIRA-BA: É HOJE O ARRAIÁ DO ZÉ

Neste São João o Arraiá de Zé Santana, no sítio Queimadas, em Governador Mangabeira, estará completando 25 anos de verdadeiro FORRÓ PÉ DE SERRA.
Para comemorar esse festivo acontecimento, o casal José Santana e Maria Luiza, juntamente com seus filhos, convidam a todos, para nos dias 23 e 24 de junho, em Queimadas, participam do tradicional São João na Roça, com Paizinho e seu Grupo Forrozão, Tiririca 2, Fábio Santos e Marquinhos do Arrocha.

No dia 24 de junho, no ARRRAIÁ DE ZÉ SANTANA, o forró vai começar mais cedo, ás 16 horas.
José Santana, Maria Luiza e filhos, sentir-se-ão honrados em receber com alegria a todos os amigos e convidados.
Arraiá de Zé Santana, dias 23 e 24 de junho, no sítio Queimadas, o tradicional São João na Roça, participe.

terça-feira, 22 de junho de 2010

DILMA À VONTADE NA CONVENÇÃO DO PMDB


Quem apostou em desconforto da presidenciável Dilma Rousseff na convenção do PMDB nesta segunda-feira (21) errou o palpite, pois a petista, que tem na Bahia dois palanques, se mostrou muito à vontade entre a militância dos adversários de Jaques Wagner no estado. Dilma chegou ao Wet N’ Wild por volta das 11h30 acompanhada de Geddel Vieira Lima e foi calorosamente saudada, distribuindo beijos e acenos para todos os lados. Durante seu discurso, a ex-ministra foi frequentemente interrompida por gritos de “Dilma Presidente” e não se furtou de elogiar o candidato ao governo da Bahia pelo PMDB. Para ela, Geddel Vieura Lima foi um dos melhores ministros do governo Lula e o presidente tem um carinho especial pelo líder baiano. “Na gestão de Lula, o destaque foi a inclusão da região Nordeste nas ações do governo federal. E o Geddel, enquanto ministro e nordestino, foi peça fundamental para que essa inclusão ocorresse. Ele é um político que tira obras do papel”, exaltou.

CARTA CONDENA CONDUTA DE OTTO NA EBAL


Talvez o pré-candidato a vice-governador na chapa do PT, Otto Alencar, não esperava por esclarecimentos tão desfavoráveis à sua conduta a frente da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal). Após ter o nome citado pelo deputado Colbert Martins (PMDB) sobre supostos esquemas de corrupção na entidade, Otto sugeriu que o ex-diretor da Ebal, Geraldo Oliveira, fosse consultado sobre a administração da empresa (ver nota). Ele conseguiu. Contudo pode ter sido um verdadeiro tiro no próprio pé. O parlamentar peemedebista trouxe ao Bahia Notícias uma carta escrita a punho por Geraldo, em que traz uma série de acusações contra o postulante a vice de Jaques Wagner. O documento relata que Alencar nunca esteve isento das ações da empresa, enquanto esteve no poder, mesmo na condição teórica de conselheiro da entidade. Pelo contrário, Geraldo assina que Otto era tido como o “poderoso chefão e quem desobedecesse era punido com demissão. É difícil saber das verdades e ficar ouvindo repetidas vezes as mesmas mentiras, tipo: não tenho nada a ver, eu era conselheiro”, diz a mensagem. Agora, outro ex-dirigente da Ebal, dessa vez Omar Brito, pode fazer suas considerações sobre o tema. Colbert disse que aguarda pelo posicionamento.

(Gusmão Neto

segunda-feira, 21 de junho de 2010

NILSON CASTELO BRANCO É EMPOSSADO NO TJ-BA


O bacharel em Direito Nilson Soares Castelo Branco foi empossado desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), em sessão especial dirigida pela presidente Telma Britto. A solenidade aconteceu no Salão Nobre do Fórum Ruy Barbosa, na sexta-feira (18), e contou com a presença dos demais integrantes da Corte e de diversas autoridades locais e nacionais. Confira os detalhes na Coluna Justiça!


domingo, 20 de junho de 2010

GOVERNADOR MANGABEIRA-BA: VEM AI O ARRAIÁ DO ZÉ

Neste São João o Arraiá de Zé Santana, no sítio Queimadas, em Governador Mangabeira, estará completando 25 anos de verdadeiro FORRÓ PÉ DE SERRA.
Para comemorar esse festivo acontecimento, o casal José Santana e Maria Luiza, juntamente com seus filhos, convidam a todos, para nos dias 23 e 24 de junho, em Queimadas, participam do tradicional São João na Roça, com Paizinho e seu Grupo Forrozão, Tiririca 2, Fábio Santos e Marquinhos do Arrocha.

No dia 24 de junho, no ARRRAIÁ DE ZÉ SANTANA, o forró vai começar mais cedo, ás 16 horas.
José Santana, Maria Luiza e filhos, sentir-se-ão honrados em receber com alegria a todos os amigos e convidados.
Arraiá de Zé Santana, dias 23 e 24 de junho, no sítio Queimadas, o tradicional São João na Roça, participe.

sábado, 19 de junho de 2010

BANCADA BAIANA É A TERCEIRA MAIS FALTOSA


Se considerados os critérios adotados pelo Ministério da Educação, um em cada dez deputados federais teria sido reprovado por faltas se estivesse frequentando uma escola em vez de a Câmara dos Deputados. De acordo com levantamento da Ong Transparência Brasil, 55 deputados faltaram a mais de 25% das sessões plenárias que ocorreram entre fevereiro de 2007 e maio de 2010. Cinco representantes baianos integram essa lista. Fernando de Fabinho (DEM) faltou a 224 das 590 sessões, um total de 38%. Dessas, 176 foram justificadas. Ele vem seguido de Severiano Alves (PMDB), com 30% de ausência e 150 justificativas. Geddel Vieira Lima (PMDB), no período em que esteve fora do Ministério da Integração Nacional, contabilizou 28% das 53 sessões que participou – justificou a ausência em dez delas. Mário Negromonte (PP) não compareceu a 27%, do total de 590, tendo justificado a falta em 143. E para fechar, Marcos Medrado, do PDT, aparece com 27%, das 590 sessões, com 157 justificadas. A Bahia aparece como a terceira bancada menos presente, atrás apenas de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Informações da Tribuna da Bahia.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

GOVERNADOR MANGABEIRA-BA: PREFEITA DOMINGAS FECHA ACESSO DA FONTE DAS CABEÇAS








Constituição Federal ferida pelo ato da prefeita Municipal Mangabeirense, moradores foram supreendidos com um portão e um cadeado fechado impedindo o direito de ir e vir, essa senhora conhecida como d. Josenir que reside a 4 anos no local na entrada da fonte das cabeças QUE FICA LOCALIZADA NO FUNDO DA PREFEITURA. Chamamos atenção da Câmra Municipal para que possa ajudar essa familia que está em situação dificil renda de 100,00, cadê o social da cidade só porque é pobre e negra? o ex: prefeito Telinho tem documentos que provam que aquele terreno é de propriedade dele e mandou retirar o portão imediatamente e ficou retado com o ato da Prefeita e chamou atenção do povo que passava, nossa reportagem foi chamada ao local e constatou tudo.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

GOVERNADOR MANGABEIRA-BA: PARALIZAÇÃO NACIONAL DOS AGENTES DE SAÚDE E DE ENDEMIAS.



Aconteceu na cidade de Governador Mangabeira-Ba, nos dias 16 e 17 de junho, uma paralização dos Agentes de Saúde e de Endemias que, a nível nacional, solicitam que o Congresso aprove urgentemente o Projeto de Lei nº 6111/09, que regulamenta o piso salarial nacional e o plano de cargos e carreira da categoria.
Em reunião na Câmara Municipal, os ACS e ACE definiram questões importantes, e o Presidente Albano Fonseca, como sempre, estava apoiando as decisões das categorias e participando efetivamente da reunião.

AS CATEGORIAS PODEM CONTAR COM O AMIGO ALBANO FONSECA, ANTÓNIO LOPES, PRO. GILSON, VICE PREFEITO CLAÚDIO SANTANA

MURITIBA-BA: FUTEBOL PALMEIRA É CAMPEÃO





ALBANO BATENDO PÊNALTI
A equipe do Palmeiras de Laranjeiras foi campeão em um jogo emocionante, depois de está perdendo virou o jogo e foi para a decisão de pênalti, e sagrou-se campeão, a equipe de Governador Mangabeira foi a vice campeã. Parabéns a todos, nossa reportagem esteve lá, também estava presente Jorge Omega que quando viu o Palmeiras perdendo disse: O Palmeiras ainda vai ser CAMPEÃO! E ACERTOU.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Feira de Santana-Ba: Mais um crime na praça da Matriz


Mais um assassinato foi registrado na praça Monsenhor Renato Galvão, conhecida praça da Matriz, em Feira de Santana. O local tem servido de palco para a prostituição, traficantes, ladrões e homicidas.
A vítima foi Natanael Rodrigues Evangelista, 27 anos, conhecido como Noel, que morava na rua Tertuliano Sena, no bairro Pedra do descanso.
Segundo informações, Natanael foi surpreendido por dois homens numa moto e foi executado com tiros que o atingiram na cabeça, braços e barriga. O crime aconteceu por volta das 18 horas desta segunda-feira.
A polícia registrou três homicídios nesta segunda-feira, subindo para 23 neste mês de junho e 201 no ano.

terça-feira, 15 de junho de 2010

REVISTA VEJA: ANTONIO PALOCCI


Pouca gente percebeu, mas o deputado federal Antônio Palocci não foi visto durante a convenção do PT que oficializou Dilma Rousseff como candidata à Presidência no último domingo, em Brasília. Pelo menos pela maioria do público e jornalistas. De acordo com petistas, ele estava no centro de eventos Unique Palace, mas “não desceu para a convenção”.

O ex-ministro da Fazenda é considerado por muitos o homem forte da campanha de Dilma, principalmente por ser muito ligado ao presidente Lula, peça-chave para o PT nestas eleições. No entanto, depois que o ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel, foi envolvido nas denúncias de contratação de jornalistas para produzir um suposto dossiê contra o tucano José Serra, Palocci teria ganhado ainda mais força na campanha.

Durante a conveção de domingo, Pimentel foi visto – não em cima do palco, muito menos com outras autoridades do partido – mas ao lado do palanque, assistindo aos discursos junto com José Dirceu e João Vaccari, tesoureiro acusado de desvio de dinheiro na Bancoop (Cooperativa Habitacional dos Bancários). Palocci nem isso.

Enquanto isso, em seu discurso, Dilma Rousseff marcou a presença do presidente do PT, José Eduardo Dutra, como “o coordenador da campanha”. Talvez para ficarem fora do foco – e não causarem polêmica -, Pimentel e Palocci não tenham acompanhado de perto o discurso da candidata petista.

(Marina Dias)

FEIRA DE SANTANA-BA: Comunidades se reúnem pela paz


Moradores dos bairros Baraúnas e Galileia realizaram a sua segunda Caminhada pela Paz, que aconteceu neste domingo (13), contando com a presença de toda a comunidade em busca de dias melhores e menos violentos para as localidades. O presidente da Associação dos Moradores do Bairro Baraúnas, Tobias Rocha, disse que é de modo passivo e dando as mãos, que a triste onda de violência vai acabar nos bairros. "Vamos nos unir pela paz". Em cada parada, era feito um momento de oração para pedir a Deus que aconteça um avivamento nestes lugares. Os índices de violência são assustadores. Dos crimes acontecidos de janeiro até o início deste mês, boa parte vitimaram os jovens das Baraúnas.O radialista Carlos Geílson, ao se pronunciar, lembrou de figuras que fizeram e fazem a história das Baraúnas como o policial Aroeira, morto há pouco mais de um ano e do saudoso radialista Erivaldo Cerqueira, salientando a importância deles para aquele lugar. Geílson também salientou que a paz é fundamental para que as Baraúnas e Galileia vivam dias de mais sossego e dignidade. "Deus nos ajudará nesta busca pela paz", completou o radialista.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

CRUZ DAS ALMAS-BA: ESPADAS: VEREADOR PEDE CABEÇA DE MAJOR


O líder do governo na Câmara de Vereadores de Cruz das Almas, Max Passos (PSDB), contatou o Bahia Notícias para rechaçar a represália da Polícia Militar na cidade, que protagonizou um verdadeiro no domingo (13). Desnecessária, truculenta e injusta, foram os adjetivos levantados pelo parlamentar sobre a missão policial. As críticas mais intensas foram direcionadas ao comandante da corporação da PM, major Domingos. “Não existem mais condições de o major ficar a frente do batalhão em Cruz das Almas. Ele inclusive me insultou e me ameaçou só pelo fato de eu ter demonstrado a minha insatisfação em uma entrevista”, declarou. O vereador tucano chegou a ter voz de prisão decretada pelo policial e ficou detido por algumas horas nos estúdios de uma emissora de rádio do município.

PETISTA PRESO EM 2005, QUER REAVER DINHEIRO "DA CUECA".


"Em 8 de julho de 2005, em meio ao escândalo do mensalão, o então assessor do PT José Adalberto Vieira da Silva foi preso no aeroporto de Congonhas (São Paulo) com quase meio milhão de reais. Uma parte do valor (US$ 100.559,00) que seria destinada ao partido estava escondida na sua cueca, peculiaridade que o colocou no anedotário político. Virou até marchinha de Carnaval.
Cinco anos depois, José Adalberto vive a expectativa de reaver o dinheiro apreendido. Como estratégia, declarou o montante – fruto de propina, segundo o Ministério Público – à Receita. E foi multado em R$ 200 mil. Adalberto mora numa casa simples, em rua sem asfalto, em Aracati (CE), que tem Canoa Quebrada como uma das suas praias famosas. Montou uma pequena mercearia e vende farinha e chinelos a clientes que compram fiado e pagam quando recebem o Bolsa Família. (Folha)".

Postado por blog do natan mobuto às 02:10.

domingo, 13 de junho de 2010

CRUZ DAS ALMAS-BA: NOVENA DE SANTO ANTONIO NA CASA DE DR. CARLOS ALBERTO





TODOS OS ANOS JÁ É TRADIÇÃO DA FAMÍLIA

Titulo: FESTA JUNINA - Santo Antônio – 13 de junho
.
Antônio nasceu em 1195, mas não se chamava assim: era Fernando. Nascido de família rica, estudou em sua cidade natal, Lisboa, e formou-se padre. Aos 25 anos, trocou a Ordem de Santo Agostinho pela Ordem dos Franciscanos. Seu sonho era tornar-se missionário na África. Na nova congregação, adotou o nome de frei Antônio.
Doente, ficou apenas um ano no Marrocos e se mudou para Assis, na Itália, onde teve a felicidade de ser indicado pelo próprio fundador de sua ordem, Francisco de Assis, para lecionar Teologia nas universidades de Milão e de Bolonha. Famoso, excelente pregador e considerado muito inteligente e bem-informado, foi designado para servir em várias cidades da França e chegou a ser provincial (religioso superior de uma província da ordem religiosa) do norte da Itália.
Antônio viveu os cinco últimos anos de vida em um convento de Pádua, na Itália, onde morreu em 13 de junho de 1231, com apenas 36 anos. Por isso é chamado de Santo Antônio de Pádua, mas em Portugal também recebe o nome de Santo Antônio de Lisboa. Muito querido até pelo papa Gregório IX, que o apelidara de "A Arca do Testamento", pelo conhecimento que tinha da Bíblia, Antônio foi canonizado um ano após sua morte. Sua festa é comemorada no dia de sua morte, 13 de junho.
Casamenteiro
Santo Antônio logo caiu nas graças do povo. Criaram em torno dele o mito de santo casamenteiro, que achava maridos para mulheres e vice-versa, e de santo milagreiro, por achar objetos perdidos. A intimidade do povo com o santo é tanta que, quando ele não corresponde aos pedidos, os crentes costumam castigá-lo, colocando sua imagem de cabeça para baixo ou mesmo "afogando-a" em água, até o pedido ser cumprido. Na passagem da meia-noite para o dia de sua festa, é tradição, em vários pontos do Brasil, as mulheres tirarem a sorte para ver qual a idade de seu futuro marido. Dentro de uma caixa são colocados três limões – um verde, outro meio verde e outro bem maduro. A caixa é deixada num quarto bem escuro. Mais tarde, a mulher entra no quarto e pega um limão da caixa. Se o limão escolhido for o verde, o futuro marido será bem jovem; se for o limão meio verde, o noivo não será tão jovem; se o limão sorteado for o bem maduro, o marido será também maduro, ou seja, com boa idade.
Outra forma de arranjar marido é comer pão diante da imagem de Santo Antônio, pensando bastante na pessoa amada. É tiro e queda: o casamento vai se realizar.
O santo também ganhou outro atributo: dá sorte e fartura. Para obtê-las, os crentes pegam o pão bento distribuído pelas igrejas no dia de Santo Antônio e o colocam no pote de guardar arroz: é garantia de abundância o ano todo.

sábado, 12 de junho de 2010

SALVADOR-BA: CONVENCÃO DO PSDB










Discurso de José Serra na Convenção do PSDB em Salvador, na íntegra

"Caro presidente Sérgio Guerra, quero agradecer a Paulo Souto, as Palavras de Áercio, presidentes de partidos aliados, convencionais do PSDB de todo o Brasil. Começo meu discurso dizendo sim. Sim, aceito sua indicação para ser candidato a presidente da República.

Aceito a responsabilidade de liderar nosso partido e nossa aliança até a vitória na eleição deste ano.

Meu muito obrigado a todos vocês, que vieram de todo o Brasil para me fortalecer com seu apoio e seu carinho. Obrigado, do fundo do coração.

Fizemos esta convenção na Bahia porque ela é um dos grandes retratos do que somos como povo. Da nossa diversidade, da mistura de raças, origens e etnias que fizeram do brasileiro um ser humano único. Na tolerância, na união, na alegria, na criatividade, na coragem, na obstinação, na vontade, na generosidade com o próximo. Na esperança no futuro. Assim são os brasileiros.

Hoje, estamos na véspera de um dia especial, é véspera de Santo Antônio, patrono do Farol da Barra, nome de um dos meus netos. Santo Antonio é Ogum, guerreiro valente e Orixá da Lei, intransigente no cumprimento dos princípios e das verdades eternas. Vamos falar disso. Falar de nossos valores, dos meus valores.

Acredito na democracia e isso não é uma crença de ocasião. Muitos políticos ou partidos que se apresentam como democratas, desdenham a democracia nas suas ações diárias. Mas ao contrário de adversários políticos, para mim o compromisso com a democracia não é tático, não é instrumental. É um valor permanente. Inegociável.

Acredito que a democracia é o único caminho para que as pessoas em geral, e os trabalhadores em particular, possam lutar para melhorar de vida. Não é com o menosprezo ao Estado de Direito e às liberdades que vamos obter mais justiça social duradoura. Não há justiça sem democracia, assim como não há democracia sem justiça.

Acredito na liberdade de imprensa, que não deve ser intimidada, pressionada pelo governo, ou patrulhada por partidos e movimentos organizados que só representam a si próprios, financiados pelo aparelho estatal. Não aceito patrulha de idéias -- nem azul, nem vermelha. A sociedade é multicolorida, multifacetada, plural. E assim deve ser.

Acredito na liberdade de organização social, que trabalhadores e setores da sociedade se agrupem para defender interesses legítimos, não para que suas entidades sirvam como correia de transmissão de esquemas de Poder.

Organizações pelegas e sustentadas com dinheiro público devem ser vistas como de fato são: anomalias.

Acredito que o Estado deve subordinar-se à sociedade, e não ao governante da hora, ou a um partido. O tempo dos chefes de governo que acreditavam personificar o Estado ficou pra trás há mais de 300 anos. Luis XIV achava que o estado era ele. Nas democracias e no Brasil, não há lugar para luíses assim.

Acredito que a oposição deve ser considerada como competidora, adversária, e não como inimiga da pátria. E, num regime democrático, jamais deve ser intimidada e sofrer tentativa de aniquilação pelo uso maciço do aparelho e das finanças do Estado.

Acredito que a disputa partidária e eleitoral não deve sobrepor-se aos interesses do Brasil e dos brasileiros. Somos irmãos na pátria e, juntos, temos obrigação de construir um País melhor. Eu sempre agi assim. Sempre acreditei no patriotismo democrático e adotei a colaboração de quem tinha o que somar, independente da carteirinha partidária.

Acredito nos direitos humanos, dentro do Brasil e no mundo. Não devemos elogiar continuamente ditadores em todos os cantos do planeta, só porque são aliados eventuais do partido de governo. Não concordo com a repressão violenta das idéias, a tortura, o encarceramento por ideologia, o esmagamento de quem pensa diferente.

Acredito no Congresso Nacional como a principal arena do debate e do entendimento político, da negociação responsável sobre as novas leis, e não como arena de mensalões, compra de votos e de silêncios.

Acredito no valor da Justiça independente, que obedece, mas não faz as leis e é guardiã do nosso Estado de Direito. E prezo as instituições que controlam o Poder Executivo, como os Tribunais de Contas e o Ministério Público, que nunca vão ser aprimoradas por ataques sistemáticos de governos que, na verdade, não querem ser controlados.

Eu acredito nos servidores públicos e nos técnicos e trabalhadores de empresas estatais, que são vítimas do loteamento político, de chefias nomeadas por partidos ou frações de partidos, por motivos pouco confessáveis, males esses que chegaram até às agências reguladoras.

Acredito que são os homens que corrompem o poder e não o poder aos homens. Quem justifica deslizes morais dizendo que está fazendo o mesmo que outros fizeram, ou que foi levado a isso pelas circunstâncias, deve merecer o repúdio da sociedade. São os neo-corruptos.

Para mim está claro que honestidade não é programa de governo, mas sim uma obrigação de quem está na vida pública e lida com o dinheiro dos contribuintes: sem contar as receitas das empresas públicas, os governos no Brasil arrecadaram 500 bilhões de reais até o início de junho. No mesmo momento que o governo federal anunciava cortes nos gastos de Saúde e Educação, e que desacelerava as obras da transposição do São Francisco em Pernambuco e na Paraíba, gerando desemprego. Isso mostra simplesmente que o dinheiro público está sendo mal gasto.

Meus amigos e minhas amigas, gente de todo o Brasil que nos acompanha neste momento. Vamos falar claro:

Não tenho esquemas, não tenho máquinas oficiais, não tenho patotas corporativas, não tenho padrinhos, não tenho esquadrões de militantes pagos com dinheiro público. Tenho apenas a minha história de vida, minha biografia e minhas idéias. E o apoio de vocês que me conhecem e compartilham minhas crenças.

Venho de uma família pobre. Vim de baixo. Sempre falei pouco disso, e nunca com o objetivo de legitimar meus atos ou de inflar o mérito eventual dos meus progressos pessoais ou de minhas ações como político. Eu sou o que sou. Sem disfarces e sem truques. Tenho uma cara só e uma só biografia. E é assim que eu sou, é assim que eu vou me expor ao Brasil.

O que eu vivi na minha infância, na minha adolescência, no movimento estudantil, no exílio, nas perseguições que sofri, nas universidades, no Congresso, nos governos de que participei ou chefiei, carrego comigo cotidianamente. Não tenho mal entendidos com meu passado. Nada me subiu à cabeça, nada tenho a disfarçar.

Minha moral, minha índole, minhas convicções, minha capacidade de indignar-me diante das injustiças e da estupidez e até meu bom humor (acreditem), se formaram em meio ao povo pobre de um bairro operário.

Meu pai foi um camponês, analfabeto até os 20 anos de idade. Depois, foi vendedor de frutas. Acordava de madrugada para uma jornada de 12 horas diárias de trabalho, todos os dias do ano. Só folgava no dia primeiro de janeiro.

Ainda criança, na minha vizinhança, vi gente morrer sem assistência médica, vi brasileiros com deficiência jogados ao Deus dará. Passei a andar sozinho de bonde e de ônibus lotados, como sardinha em lata, desde oito ou nove anos de idade. Ganhei dinheiro, quando criança, vendendo laranja. Quando jovem, dando aula de matemática. Eu sei onde o calo aperta. Eu sei como é a vida real das famílias pobres deste país, pois sou filho de uma delas.

Estudei em escola pública e, graças ao meu esforço, entrei numa das melhores faculdades de engenharia do Brasil. No terceiro ano fui eleito presidente da União Estadual dos Estudantes. No quarto, aos 21 anos, presidente da UNE, presidente dos estudantes do Brasil. Condição de que muito me orgulho.

Meus sonhos da época são meus sonhos de hoje: um Brasil mais justo, mais forte e igualitário, na renda e nas oportunidades. Meus sonhos continuam vivos no desejo de uma boa educação para os filhos dos pobres para que, como eu, cada brasileirinho, cada brasileirinha possa seguir seu caminho e suas esperanças.

Quando o Brasil sofreu o golpe militar, em 1964, fui perseguido, caçado, acusado de subversivo. Rapaz ainda, deixei o Brasil e busquei asilo, primeiro na Bolívia, depois na França e finalmente no Chile. Estudei como nunca, tornei-me professor, casei, tive filhos, fui perseguido novamente por outro golpe militar, desta vez no Chile, devido às minhas ações contra a repressão e à tortura no Brasil. De lá, fui viver nos Estados Unidos.

De volta à nossa terra, voltei também à política e fui quase tudo: secretário de estado, deputado constituinte, deputado federal, senador, ministro duas vezes, prefeito, governador. Tenho a honra e o orgulho de ter recebido, em minha vida, mais de 80 milhões de votos. Meu orgulho vem de uma certeza: não é possível querer ser representante do povo sem submeter-se ao julgamento do povo. Não há democracia sem eleição, assim como não deve haver governante sem voto.

Não comecei ontem e não caí de pára-quedas. Apresentei-me ao povo brasileiro, fui votado, exerci cargos, me submeti ao julgamento da população, fui aprovado e votado de novo. Assim foi em cada degrau, em cada etapa da minha vida. Isso demonstra meu respeito pela vontade popular. 80 milhões de votos ao longo da vida pública - 80 milhões de vezes brasileiros me disseram sim, siga em frente que nós te apoiamos.

É graças a eles e a tantos outros que estou aqui hoje, aceitando esta imensa responsabilidade, falando às pessoas e às famílias.

Comigo, o povo brasileiro não terá surpresas. Além das minhas convicções e da minha biografia, além das minhas realizações e dos princípios que defendo, me apresento perante a nação com uma idéia clara de Governo e com prioridades anunciadas.

Pra mim, Governo tem de apoiar quem produz e quem trabalha. São as pessoas comuns, as pessoas simples. E tem que proteger os desamparados. Governo, como as pessoas, tem que ser honesto. Verdadeiro. Tem que ser solidário e generoso. Tem que garantir as oportunidades e buscar a igualdade. Governo tem que ser justo.

As necessidades e esperanças que, à frente do governo, queremos preencher, são as da maioria dos brasileiros.

A maioria dos brasileiros quer uma Escola decente para cada criança e para cada jovem, até o limite de sua capacidade. Eu também quero.

A maioria dos brasileiros quer deter o retrocesso na Saúde pública e dar a cada pessoa doente a possibilidade de uma consulta médica digna, de um leito hospitalar próximo e do acesso a uma ampla cesta de medicamentos básicos gratuitos. Eu também quero.

A maioria dos brasileiros quer proporcionar às pessoas com deficiência física a condição de cidadania, com acessibilidade, educação, reabilitação e oportunidades profissionais. Eu também quero.

A maioria dos brasileiros quer investimentos que qualifiquem e ofereçam empregos a cada pessoa que deseje trabalhar. Eu também quero.

A maioria dos brasileiros quer Segurança para suas famílias, quer que o governo federal assuma de vez, na prática, a coordenação efetiva dos esforços nessa área, ou o Brasil não terá como ganhar a guerra contra o crime. Eu também quero isso.

A maioria dos brasileiros quer se ver livre do tráfico de drogas, que fomenta o crime, destrói o futuro de jovens e de suas famílias. Quer a recuperação dos dependentes químicos. Eu também quero.

A maioria dos brasileiros quer que todos tenham uma casa decente para morar, com água e esgoto, luz e transporte coletivo. Eu também quero.

A maioria dos brasileiros quer um meio ambiente saudável, cada vez mais limpo, onde o ar que respiramos e a beleza de nossas terras e florestas sejam protegidos. Eu também quero.

A maioria dos brasileiros quer ter mais rendimentos, que a prosperidade econômica se expanda no tempo, de forma sustentada. Eu também quero.

Para que esses desejos e vontades sejam materializados, temos de tirar as idéias do papel, planejar as ações do governo, mobilizar os meios e perseguir à ferro e fogo as prioridades fundamentais. Estas prioridades precisam ser claras e é preciso governar desde o primeiro dia. É necessário dar hierarquia aos problemas, porque não se resolve tudo de uma vez só. É indispensável formar uma equipe coesa, com gente competente. E não com critério partidário ou de apadrinhamento, esse mesmo critério que está destruindo a eficácia da ação governamental no Brasil.

Temos de afastar-nos de três recordes internacionais que em nada nos ajudam a satisfazer nossas necessidades e preencher nossas esperanças: o Brasil hoje tem uma taxa de investimento governamental das menores do mundo, a maior taxa de juros reais do mundo e a maior carga tributária de todo o mundo em desenvolvimento.

Minha atuação na vida pública atesta a minha coerência. Fui o relator do dispositivo constitucional que criou o Fundo de Financiamento ao Norte, Nordeste e Centro Oeste. Fui também o autor da emenda à Constituição brasileira que instituiu o que veio a ser o Fundo de Amparo ao Trabalhador, o FAT. O Fundo, hoje, é o maior do Brasil e é patrimônio dos trabalhadores brasileiros, e financia o BNDES, a expansão das empresas, as grandes obras, os cursos de qualificação profissional, o salário dos pescadores na época do defeso. Tudo isso vem do FAT. E tenho orgulho de ter iniciado esse processo.

Graças ao FAT, também, tiramos o seguro-desemprego do papel e demos a ele a amplitude que tem hoje. O seguro-desemprego dormia há mais de 40 anos nas gavetas. Existia na lei, mas pouco na prática. Conseguimos viabilizá-lo e ele já pagou mais de 50 milhões de benefícios na hora mais difícil de qualquer família e de qualquer trabalhador.

Sou um brasileiro sonhador e obstinado, que usa o senso prático e capacidade de trabalho para fazer acontecer, para tirar do papel e transformar em realidade benefícios que só existem na teoria. Ofereço ao Brasil minha capacidade de transformar idéias em realidade. Em boa realidade.

Na economia, meu compromisso é fazer o Brasil crescer mais e mais rapidamente. Vamos abrir um grande canteiro de obras pelo Brasil inteiro, como fizemos em São Paulo. Estradas, portos, aeroportos, trens urbanos, metrôs, as mais variadas carências na infra-estrutura serão enfrentadas sem os empecilhos das ideologias que nos impedem de dotar o Brasil das do capital social básico necessário. É a falta de infra-estrutura que cria gargalos para o crescimento futuro e ameaça acelerar a inflação no presente.

Vamos gerar mais empregos. Atividades produtivas e obras públicas que priorizam nossa gente e materiais feitos aqui significam postos de trabalho e renovação do ciclo de criação de riqueza, em vez de facilitarmos a solução problemas sociais no estrangeiro. Vamos estimular a produção e o trabalho. Vamos tirar os obstáculos para a geração de riqueza e sua distribuição. Há muito por fazer. O Brasil pode muito mais.

Não vou exaurir aqui as propostas para as diferentes áreas. Já as tenho feito pelo Brasil afora. Mas faço questão de explicitar três compromissos com a Educação. O primeiro é dar prioridade à qualidade do ensino, que exige reforçar o aprendizado na sala de aula, começando por colocar dois professores por sala da primeira série do Ensino Fundamental. O segundo, é criar mais de 1 milhão de novas vagas em novas escolas técnicas, com cursos de um ano e meio de duração, de nível médio, por todo o Brasil. O terceiro é multiplicar os cursos de qualificação, mais curtos, para trabalhadores desempregados. Vejam o que fizemos em São Paulo. Vamos fazer muito mais em todos os estados do Brasil. E reforçaremos o Bolsa Família, dando uma ajuda de custo para os jovens cujas famílias dependem desse programa, para que possam se manter enquanto fazem os cursos profissionalizantes.

Dou outro exemplo de projeto, para a Saúde: vamos ter, ao final de dois anos, em todos os Estados, 150 AMEs, Ambulatórios Médicos de Especialidades, policlínicas com capacidade realizar 27 milhões de consultas e fazer 63 milhões de exames por ano.

Nunca chegaremos ao Brasil justo que desejamos enquanto tantos brasileiros tiverem menos do que precisam para sobreviver com dignidade. Meu objetivo é ambicioso, mas tenho certeza de que podemos sonhar e realizar. Vamos acabar com a miséria absoluta no nosso País. Quando ministro da Saúde, fiz o Bolsa Alimentação e meu colega de ministério, Paulo Renato, fez o Bolsa Escola. Eles foram reunidos pelo Bolsa Família, estiveram na origem deste programa. Nós vamos ampliar e melhorar o Bolsa Família. Mas vamos além. Vamos ampliar a rede de proteção social para cerca de 27 milhões de brasileiros que estão na base da pirâmide. Em português claro: vamos trabalhar com todas as nossas forças para acabar com a miséria absoluta no nosso País. Vamos lutar por isso. É possível fazer. O Brasil pode mais.

Meus amigos, minhas amigas:

Esta caminhada, que começamos no dia 10 de abril, em Brasília, tem sido prazerosa. Sinto-me bem. Nunca tive tanta energia física e mental como nestas semanas. Nunca me senti mais preparado para enfrentar um desafio como o que temos pela frente.

Nunca estive tão seguro a respeito do quê e de como fazer para que o nosso Brasil vença seus problemas. Sei o que fazer para que o nosso Brasil aumente a prosperidade econômica dos brasileiros de forma sustentada. E, importante, para que se obtenha mais progresso social para todos os que trabalham, para os desamparados e para que o nosso País assegure oportunidades aos nossos jovens.

Nestes meses tenho revisto o meu Brasil no seu conjunto e nos seus detalhes, o que renova minha forma de viver, que é a do aprendizado permanente. E é também reconfortante encontrar e descobrir, por toda parte, lembranças e efeitos de coisas que fiz ou que ajudei a fazer, nas obras, nos transportes, na Saúde, na Seguridade Social, na industrialização, nos investimentos. Reconheço um pouco de mim em alguns pedaços do Brasil que avançou e progrediu.

Tem sido bom nas cidades grandes e pequenas encontrar gente de bem, inteligente, gente que quer melhorar, gente disposta, confiante, exigente, às vezes crítica, muitas vezes com razão em suas reclamações, mas sempre brasileiros e brasileiras batalhadores. Encontros que levam alegria e esperança à minha alma, porque mostram o que o Brasil tem de melhor: nossa gente.

Ao longo da vida, tenho aprendido que as gerações se deparam com realidades distintas. E as respostas de cada uma delas, boas ou ruins, tornam-se questões da geração seguinte. Muito cedo, consolidei a crença de que seria possível imprimir um rumo positivo na seqüência de gerações que nos levasse do círculo vicioso da desigualdade e da pobreza para o círculo virtuoso da prosperidade, da maior igualdade e do desenvolvimento.

Guiado por essa inspiração, parto para a disputa. Vamos, juntos, com alegria, confiança e patriotismo. Nós sabemos o caminho. Já provamos nosso valor. Já fomos testados e aprovados. Vamos, juntos, porque o Brasil pode mais. Vamos juntos à vitória!"

Liderenças da região tiveram presentes Jorge Omega, Zá Santana, Guito, Ednaldo Ribeiro, Alex Prefeito, Tarco Peixoto, prefeito de Santo Antonio de Jesus etc.