Rádio Web do gaguinho

WWW.RADIALISTAGAGUINHO.COM.BR

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

GOVERNADOR MANGABEIRA-BAHIA: ZÉ SANTANA E SUA DEFESA

O DESESPERO E O DESTEMPERO DA VEREADORA ELISA DA PAIXÃO NA SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES, OCORRIDA ONTEM, DIA 14/10/2015:
É até compreensível que diante do sufoco que a mãe dela, ela, o seu esposo e o seu irmão, passaram diante da POLÍCIA FEDERAL, dentro de suas próprias casas, no ultimo dia 08/10/2015, desde as primeiras horas da manhã até o início da tarde, sem liberdade para nada, com portões trancados e sem poder se comunicarem por nenhum meio, vendo os seus cômodos e camas vasculhadas por Agentes Federais, na busca de papéis e documentos, inclusive dinheiro, fruto das falcatruas com recursos públicos da Prefeitura Municipal de Governador Mangabeira, das quais estão sendo acusadas, a vereadora se indignasse com a Polícia Federal e não com os seus desafetos, ofendendo a um e a outro pelo que ocorreu.
No meu caso, em particular, quero dizer à vereadora que o que ela disse a meu respeito e a minha família, da Tribuna da Câmara, não nos atinge e nem muda o meu astral. Minha esposa, quando foi ouvida pela Polícia Federal, na sua sede em Salvador, na condição de então representante do Funrural, foi por dois processos irregulares e não por roubo do dinheiro público, tanto que foi absolvida.
Um dos processos foi patrocinado pela genitora da vereadora, a senhora DOMINGAS SOUZA DA PAIXÃO que sempre gostou de levar vantagens ilegais, quando, imoralmente, se fez dependente de uma trabalhadora rural aposentada, falecida, sem ser, sequer, a sua parenta, para continuar recebendo ilegalmente o dinheiro de sua aposentadoria, contando com a conivência de pessoas que prestavam serviços na Representação e à revelia da representante, isso motivou uma investigação à sua pessoa, pela PF, e um processo na Justiça Federal, nesses momentos ela sempre tem a arte de se apresentar como coitadinha.
O outro processo, devido a aposentadoria de uma trabalhadora rural casada, o que na época não era permitido, também à revelia da representante. Logo depois, foi criada uma Lei Federal permitindo esse benefício às trabalhadoras rurais casadas e o processo foi extinto. Onde está o crime vereadora? O único crime que ocorreu nesse episódio foi cometido pela sua maezinha que quis se passar como dependente da aposentada.
A nobre representante de sua família precisa ficar mais calma, humilde, deixar de humilhar às pessoas, principalmente aos funcionários da Prefeitura que não obedecem o seu comando, esses sim estão sorrindo do seu desespero, e aguardar o desenrolar dos fatos que lhe envolve, ao seu seu esposo, ao seu irmão, à sua mainha Prefeita e aos seus ex e atuais secretários, depois que a Polícia Federal examinar os conteúdos constantes das anotações,dos documentos e dos computadores que foram apreendidos. Que cada um pague pelo que merece.
Aproveite, vereadora, para ler constantemente a matéria do jornal A Tarde, edição de 09/10/2015, que lhe ajudará compreender melhor a extensão do buraco que vocês se meteram para engordar seus respectivos patrimônios, por que a casa caiu. Se engana a muitos por muito tempo, nunca a todos por toda vida. A senhora, sua mainha, seu esposo e o seu irmão já zombaram de mais da cara de todo mundo.
Usar os funcionários da Prefeitura para ir às sessões da Câmara lhe aplaudir e tentar intimidar os vereadores da bancada de oposição, não resolve vereadora. O que vai resolver mesmo é a ação da Polícia Federal que veio a Governador Mangabeira, na casa de sua mainha e na Prefeitura , não a convite dela e sim obedecendo a um mandado da Justiça Federal, para investigar a fundo e passar um pente fino na administração dela, desde de 2009 por saber que existem profundas irregularidades na aplicação das verbas públicas, tanto na área da saúde e na educação, principalmente dos recursos federais.
Com certeza, secretários e ex-secretários de saúde e educação, ainda serão ouvidos pela Polícia Federal, bem assim os Conselheiros do Conselho Municipal de Educação e do Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB, do Conselho Municipal de Saúde, que têm sido omissos no cumprimento dos seus deveres. Não foi atoa que o França da APAE decidiu se afastar do Conselho Municipal de Saúde. Todos esses devem colocar as suas barbas de molho.
É isso vereadora que está lhe motivando o desespero e o destempero para agredir às oposições sérias que não se calaram e nem vão se calar, em momento algum, deixando vocês meterem a mão do dinheiro público como se fosse patrimônio de vocês. Tenha certeza disso, nenhuma ameaça nos intimidará.
Lembra da OPERAÇÃO DESPEJO, sem mandado judicial, que a sua mainha, arrogantemente, comandou, pessoalmente, usando, ela própria um pé de cabra para arrombar a porta do box usado pela seu desafeto, na Praça Castro Alves, recentemente, para humilhar o cidadão Val de Avelino? Pois é, não tardou a vinda da OPERAÇÃO CABEÇAS, da Polícia Federal, para enquadrar ela e todos vocês. Quem faz aqui paga aqui. Nada melhor do que um dia após o outro!