Rádio Web do gaguinho

WWW.RADIALISTAGAGUINHO.COM.BR

sábado, 18 de outubro de 2014

MURITIBA-BA: 03 HOMENS SÃO PRESOS PELA POLÍCIA MILITAR, APÓS REPASSAR DINHEIRO FALSO PELA CIDADE


Dinheiro Falso 01
Estrangeiros vieram se dar bem na cidade dos outros e, na hora de comprar o pão, foram descobertos. Foto: Primogênio Notícias.
Muritiba (Ba) -  Policiais militares da 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) prenderam, por volta das 17h00 dessa sexta-feira, 17, no centro de Muritiba, recôncavo baiano, Michael Rojas Bayon, Willians Portilla Mont e Gabriel Silva Vasquez, quando esses circulavam na cidade em um Fiat Stilo branco, de placa EDW-0326, com licença de São Paulo (SP), passando notas de R$ 100 reais falsificadas em diversas casas comerciais.
Dois deles são naturais do Peru e um do Uruguai. Segundo depoimento na delegacia de Muritiba, estavam de passagem por Muritiba, quando resolveram aplicar os golpes. “Eles entraram em contradição quanto ao destino. Um disse que iriam pra Salvador, enquanto outro falou em Aracaju. Estavam de passagem, erraram o caminho e, nesse ínterim, resolveram aplicar os golpes aqui em Muritiba”, contou o delegado da cidade, Dr. Fred Barreto.
Acredita-se, ainda, que os três não agiram sozinhos. “A principio, nós tivemos notícias de um outro veiculo, com a participação também de uma mulher, em uma caminhonete Hilux prata, que acompanhava os elementos.”, revelou o delegado.
O Golpe
Dinheiro Falso 03
Bolos, brinquedos, chips para celular, agua, cerveja, refrigerante… Esses foram alguns dos itens encontrados com os falsários. Foto: Primogênio Notícias.
Alguns comerciantes que foram vítimas da quadrilha, foram até a delegacia para prestar depoimento e reconhecer os elementos. Segundo Marco Antonio, dono de uma loja de material de construção, eles compraram um produto de R$ 7,00, pagando com uma nota de R$ 100 reais falsa. “Na hora estava muito movimento, não deu pra identificar. Demos o troco e eles foram embora.”, contou o empresário.
Assim, comprando sempre produtos baratos para pegar notas verdadeiras, eles revelaram em depoimento que trocaram cerca de seis notas falsas na cidade. Loja de conveniência de um posto de gasolina, supermercados e lojas de roupas. Entre as mercadorias encontradas no carro, bolos, refrigerantes, cerveja, energéticos e itens em uma sacola de um supermercado da cidade de Cachoeira, o que leva a crer que o comércio da cidade vizinha também possa ter sido vítima da quadrilha.
Abordagem
Tudo começou quando em uma padaria, no centro da cidade, eles foram desmascarados. A funcionária responsável pelo caixa percebeu que a nota de R$ 100 reais era falsa e tomou o produto da mão de um dos elementos. Eles seguiram para a Cesta do Povo, enquanto a funcionária da padaria avisava a Polícia sobre o ocorrido.
Quando foram abordados pela Polícia Militar, eles se preparavam para entrar em um supermercado na Avenida Rui Barbosa, centro da cidade.
Dinheiro Falso 02
Nota falsa utilizada no golpe. A polícia acredita que outras cidades vizinhas possam ter sido vítimas da quadrilha. Foto: Primogênio Notícias.
Crime Federal
Os elementos foram atuados em flagrante e a situação será comunicada pela Polícia Civil à Justiça Federal. “O juiz federal é aquele que tem competência pra julgar esses procedimentos, então normalmente, o flagrante será apreciado pelo juiz, ficando à disposição da justiça federal para concluir e fazer as determinações que constam na lei.”, disse Dr. Fred Barreto.
Ainda segundo Dr. Fred, a Polícia Civil irá concluir o inquérito nos próximos dez dias e, até lá, outros comerciantes serão ouvidos na investigação. “Vamos saber se em outros municípios aqui da região esse golpe foi aplicado, para também poder esclarecer e também eles responderem por isso.”, finalizou.